Um espaço de informação para os FEIRANTES das Beiras

11
Jan 11

A Feira de Trancoso esta uma confusão total devido a mudança de sitio por motivo de obras, nada que não tenha sido previsto por o delegado da Associação de Feirantes das Beiras na feira de Trancoso assim como pelo nossos associados.

A Camara Municipal de Trancoso fez ouvidos moucos as sujestões que antecipadamente a AFB lhe fez chegar e do alto da sua soberba do quero posso e mando e do nós sabemos fez, saiu uma confusão total.

Este é comportamento tipico dos municpios Portugueses (salvo honrosas excepções) de que escudadas pela força da lei que lhes dá a tutela das feiras fazem asneiras em quantidade quanto baste, não ouvindo as associações, nem os delegados de feira, ouvindo porque isso eleitoralmente lhes comvém os feirantes da terra que comportam como reissinhos só porque na hora do voto prometem a sua fidelidade, da sua familia e amigos, e assim vamos andando de asneira em asneira e de confusão em confusão.

A feira de Trancoso é um caso tipico deste comportamento.

Se não vejamos

- A confusão foi tal que ningúem se entendeu e a ultima feira não se realizou.

- A camara prometeu que durante os quatro meses de obras não se pagava, logo aparcem mais umas dezenas de feirantes que não faziam a feira e agora faltam lugares.

- Deixam-se marcar os lugares muitos dias antes da sua marcação por quem de direito a camara e logo a seguir vem a logica da força daqui não saio ninguém me tira.

Os municipios Portugueses que se fazem moucos tem de com humildade aprender a ouvir quem diriamente se levanta ás 5 da manhã apanha chuva e sol e sabe das feiras e não os doutores, engenheiros e fiscalização que cedem a chantagem economica e da força.

Os municipios Portugueses e as associação de feirantes juntos podem mudar o panoramas das feiras, basta uma mesa e duas cadeiras e vontade mudar...

Em alternativa os "reinadosinhos" de cada um e as confusões continuaram como está evidente no caso de Trancoso.

Delfim Almeida

publicado por afeirantesdasbeiras às 16:28

Depois de lido o pequeno relato sobre a mudança da Feira de Trancoso, tenho em meu entender o dever de dar apoio à AFB na sua análise ao exposto.
Tendo em linha de conta de que as pessoas responsáveis pelas decisões da mudança podem ou devem ler as noticias que lhes diga respeito, devem em qualquer momento de reflexão concluírem de que nada tinha custado chamarem o Delegado da AFB lhes apresentassem as suas intenções e colherem dele ou da instituição por si representada os concelhos da experiência, assim não foi e o resultado está à vista com os oportunistas a tirarem mais proveito da situação do que aqueles que sempre foram mais cumpridores.
Foi um erro da autarquia e os erros devem ser emendados esperamos que pelo menos os erros do passado sirvam para soluções futuras.
José Abranja
Presidente da FNAF a 24 de Janeiro de 2011 às 21:42

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
arquivos
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO